Alexsom

Alexsom

GLASTONBURY 2017

CALENDAR JAZZ

MONTREUX ACADEMY 2017

Colour Me Free! - Joss Stone

Amy Winehouse Foundation

PLAYING FOR CHANGE

terça-feira, 19 de abril de 2016

Brian Johnson quebra silêncio sobre sua saída do AC/DC

19/04/2016  |   Por:
brian-johnson-acdc-comunicado
Foto: Reprodução
Brian Johnson finalmente quebrou o silêncio sobre sua saída do AC/DC. Em comunicado, o cantor explicou sua recente batalha em relação a perda auditiva. Johnson ainda esclareceu as circunstâncias que motivou a deixar de concluir a atual turnê mundial do lendário grupo australiano. “Eu não posso imaginar minha vida sem isso, mas agora não tenho escolha”, diz o texto.
Por conta de seu problema de saúde, o AC/DC foi forçado a adiar as últimas dez datas da etapa norte-americana da “Rock or Bust Tour”. Após rumores e especulações, foi confirmado, no último sábado (16), que Axl Rose será o vocalista da banda em datas na Europa em maio e junho.
Confira a seguir o comunicado na integra de Brian Johnson.
“Como muitos fãs do AC/DC sabem, os shows restantes da turnê mundial “Rock or Bust”, incluindo 10 datas adiadas nos Estados Unidos, estão sendo reagendados com um cantor convidado. Eu quero pessoalmente explicar a razão, porque os comunicados de imprensa anteriores não foram suficientes do que eu queria dizer aos nossos fãs ou a maneira em que eu pensei que deviam ser apresentados.
No dia 7 de março, após uma série de exames pelos principais médicos no campo da perda auditiva, estava ciente de que se eu continuasse a me apresentar em espaços grandes, arriscaria uma surdez total. Enquanto eu estava horrorizado com a realidade da notícia do dia, eu estava ciente de que minha perda auditiva parcial estava começando a interferir em meu desempenho no palco. Eu estava tendo dificuldade em ouvir as guitarras no palco e porque eu não era capaz de ouvir os outros músicos claramente, eu temia a qualidade de meu desempenho que poderia ser comprometida. Com toda a honestidade, isso era algo que eu não poderia, em sã consciência, permitir. Nossos fãs merecem o meu melhor desempenho, e se por algum motivo eu não posso entregar esse nível de desempenho, eu não vou decepcionar nossos fãs ou constranger os outros membros do AC/DC. Eu não sou um cara que desiste, eu gostaria de terminar o que comecei. No entanto, os médicos deixaram claro para mim e meus companheiros de banda que eu não tinha escolha a não ser parar de fazer shows. Esse foi o pior dia da minha vida profissional.
Desde aquele dia, tenho tido várias consultas com os meus médicos e parece que, para o futuro próximo, eu não serei capaz de atuar em palcos de arenas e estádios, onde os níveis de som estão além de minha tolerância atual, oferecendo o risco de perda auditiva significativa e surdez possivelmente total. Até esse momento, eu tentei o melhor que pude para continuar, apesar da dor e da perda de audição, mas tudo se tornou demais para suportar e demais riscos.
Pessoalmente, me sinto dilacerado mais do que qualquer um poderia imaginar. A experiência emocional que eu sinto agora é a pior do que qualquer coisa que eu alguma vez senti antes na minha vida. Ser parte do AC/DC, gravando discos e se apresentando para os milhões de fãs devotos nos últimos 36 anos tem sido o trabalho da minha vida. Eu não posso imaginar minha vida sem isso, mas agora não tenho escolha. A única coisa certa é que eu sempre estarei com o AC/DC, em cada show em espírito. Mais importante ainda, eu me sinto terrível por decepcionar os fãs que compraram ingressos para os shows cancelados e que nos apoiam todos esses anos.
Palavras não podem expressar a minha gratidão pelas recados amáveis que tenho recebido, mas também pelos anos de apoio leal do AC/DC. Meus agradecimentos vão também para Angus e Cliff pelo apoio.
Finalmente, gostaria de assegurar aos nossos fãs que não estou me aposentando. Meus médicos me disseram que eu posso continuar gravando em estúdios e tenho a intenção de fazer isso. No momento, todo o meu foco é continuar o tratamento médico para melhorar o minha audição. Espero que com o tempo a minha audição melhore e me permitir a voltar aos shows. Enquanto o resultado é incerto, minha atitude é otimista. Só o tempo dirá.
Mais uma vez, os meus melhores desejos e obrigado a todos pelo apoio e compreensão.

Com amor, Brian”.

0 comentários: