Há exatos dois anos o mundo dizia adeus à dona da personalidade marcante e de uma das vozes mais singulares dos anos 2000. Em 23 de julho de 2011, Amy Winehouse era encontrada morta em seu apartamento no bairro de Camden em Londres (Inglaterra). A família e os fãs desde então se empenharam em manter a memória de Amy viva. A cantora não saiu das páginas de notícias – até a causa de sua morte continua polêmica. Veja o que aconteceu no planeta Winehouse desde sua morte.

Desde o início da semana passada, uma polêmica envolvendo o que de fato causou a morte da cantora andou rondando pelas notícias. O irmão de Amy contesta o laudo médico, que afirma que a cantora morreu por intoxicação alcoólica. Alex Winehouse aponta que o falecimento foi por conta de uma séria bulimia. “Se ela não tivesse distúrbio alimentar, seu corpo seria mais forte fisicamente”, declarou em entrevista. Alex ainda disse que Amy sofria disso desde os 17 anos de idade.
Verdade ou não, o fato é que Amy nunca saiu dos holofotes, mesmo depois de sua morte. Confira uma linha do tempo dos acontecimentos que mantiveram a cantora na boca do povo:
26/7/2011
M.I.A. faz a aproveitadora e lança música sobre Amy
A cantora M.I.A. pegou carona na exploração da morte de Winehouse e lançou “27″, música em “homenagem” a Amy.

27/7/2011
Amy Winehouse Foundation
É anunciada a criação da Fundação Amy Winehouse, para apoiar diversas obras de caridade, tanto no Reino Unido quanto em outras partes do planeta. O foco são jovens que estão em necessidade, seja por motivo de doença, problemas financeiros ou de vícios.
31/7/2011
Fotos inéditas são divulgadas
Os fotógrafos Terry Richardson e Hedi Slimane jogam na rede ensaios que haviam feito de Amy pouco antes de sua morte.
10/08/2011
Vaza parceria com Tony Bennett
A última gravação de Winehouse foi a música “Body and Soul”, em dueto com o cantor Tony Bennett. O single foi lançado oficialmente em 14 de setembro de 2011, porém o público o ficou conhecendo bem antes, em 10 de agosto.
27/9/2011
Pete Doherty presta sua homenagem
Pete Doherty (ex-Libertines), este sim era amigo de Amy. Seu tributo veio em forma de canção:

2/12/2011
Lançamento de “Lioness”
O disco póstumo de Amy, “Lioness: Hidden Treasures”, vendeu 194.966 cópias em sua primeira semana, foi recorde em sua carreira e a quarta maior venda de primeira semana no Reino Unido em 2011.
Divulgação
1o./2/2012

Autópsia invalidada?
É revelado que a declaração de que a morte de Amy tenha sido causada por intoxicação por álcool, pode ser invalidada. O legista que realizou a autópsia não possuía os requisitos para tal.
12/6/2012
Amy esculpida em bronze
Uma estátua da intérprete é colocada na casa de shows Camden Roundhouse, na Inglaterra. O monumento vira atração para os fãs.
Divulgação

26/6/2012
A biografia “Amy, My Daughter”
Mith Winehouse, pai da cantora, lança a biografia “Amy, My Daughter”, com o objetivo de jogar para o mundo a verdadeira história de Amy e dar um basta nas fofocas.
Divulgação
28/7/2012
Green Day presta homenagem
A banda Green Day lança seu disco “Dos” com a música “Amy”, feita em tributo à artista.

26/10/2012
Amy vai parar no teatro
Na Dinamarca, começa a temporada da peça de teatro “Amy”, que conta a trajetória de sua carreira.
8/1/2013
Divulgado laudo de morte acidental
Depois de nova autópsia, causa oficial da morte de Amy passa a ser morte acidental por consumo exagerado de álcool.
11/3/2013
Quadrinhos da Amy
A editora Conrad lança história em quadrinhos baseada na vida da cantora. O livro é confeccionado pelo trio de artistas franceses Goffette, Eudeline e Fernandez.
Divulgação
23/3/2013
Amy imortalizada na calçada da fama
É dela o primeiro nome estampado na calçada da fama londrina, inaugurada este ano. Ela também ganha o título de ícone da música.
Divulgação
7/5/2013
“Back to Black” com Beyoncé e Outkast
É lançada a trilha sonora do filme “O Grande Gatsby”, que conta com o cover “Back to Black” de Beyoncé e Outkast. O single deu o maior bafafá, com direito a acusação do pai de Amy dizendo que a versão foi feita sem autorização e que não acrescenta nada para a música.

24/6/2013
Causa mortis: bulimia?
O irmão de Amy, Alex Winehouse, contesta novamente o laudo médico. Agora, diz que a causa foi uma bulimia, que a deixou muito fraca.
3/7/2013
Exposição em Londres
Objetos pessoais de Amy são expostos no Museu Judaico de Londres
Tanta coisa já rolou em dois anos… Tudo pode ser uma manifestação da falta que ela faz para o mundo da música. Mate as saudades com esta breve apresentação que a cantora fez na Irlanda:



Talita Takeda