O fato mais sinistro sobre a obra de um artista é que, depois que o autor morre, a criação vale mais. Com um ano recém-completado da morte de Amy Winehouse, aquelas músicas que seu pai dizia que haviam sido descartadas de outros álbuns começam a surgir.
“Jazz N’ Blues” é uma dessas músicas, e foi lançada essa semana. Já ouviu?

Foi o mesmo com Michael Jackson, Joey Ramone e até Kurt Cobain passou pelos boatos de lançar um disco póstumo. As canções de Kurt nunca foram gravadas, descartando a possibilidade; e alguns trabalhos póstumos do Rei do Pop geraram polêmica quando surgiram questionamentos sobre quem realmente teria cantado aquelas músicas.
Com Amy não poderia ser diferente: para matar a saudade, aquelas músicas descartadas de outros trabalhos podem começar a ser divulgadas agora. Uma suposta faixa inédita é a “Jazz N’ Blues”, que você pode ouvir ali no fim do texto.
Essa música deveria ter saído com o “Frank”, primeiro disco da cantora. Recentemente o pai da cantora, Mitch Winehouse, comentou que existe material inédito suficiente para dois discos, misturando músicas compostas por Amy e covers de outros artistas. Ano passado, pouco tempo depois de sua morte, um porta-voz da família comentou que pelo menos um disco existiria, planejado para ser lançado em 2012. Até o momento, são apenas rumores, jazz e blues…