Alexsom

Alexsom

GLASTONBURY 2017

CALENDAR JAZZ

MONTREUX ACADEMY 2017

Colour Me Free! - Joss Stone

Amy Winehouse Foundation

PLAYING FOR CHANGE

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Sonny Rollins fatura prêmio pela terceira vez no Jazz Awards


  • O músico Sonny Rollins no 34 º Kennedy Center Honors realizado em  Washington, em dezembro de 2011  O músico Sonny Rollins no 34 º Kennedy Center Honors realizado em Washington, em dezembro de 2011
Nesta quarta-feira (20), o sax-tenorista Sonny Rollins, de 81 anos,  foi homenageado pela terceira vez no Jazz Awards, e pelo segundo ano consecutivo como melhor músico do ano. As informações são da agência The Associated Press.

Em seu mais recente álbum, "Road Shows, vol. 2", que consiste em shows ao vivo no Japão e de sua apresentação comemorativa de 80 anos, tem como destaque a performance com Ornette Coleman, que foi escolhida como melhor gravação do ano.  "Eu nasci com algum talento, pelo qual sou muito grato", disse Rollins em um comunicado lido por Josh Jackson, da revista "The Checkout". "Aprendi com meus antecessores, e aceito com muita honra e gratidão esse prêmio", completou a lenda do jazz que não pôde comparecer à cerimônia porque está se mudando para uma nova casa em Nova York.


A banda Us Five, formada por Joe Lovano's (no sax), Esperanza Spalding (no baixo) e James Weidman (no piano), ganhou pelo terceiro ano seguido a honraria de melhor conjunto. O prêmio de grande grupo foi para a Mingus Big Bag, que se dedica a tocar composições do falecido baixista Charles Mingus.

O clarinitista israelense Anat Cohen venceu em duas categorias: melhor clarinitista e multi-reeds player. "É um imenso prazer trabalhar com os músicos do jazz, que são os mais aventureiros, criativos e apaixonados", agradeceu.

Dois músicos indiano-americanos, o pianista Vijay Iyer e o saxofonista Rudresh Manhanthappa, também levaram prêmios em suas categorias instrumentais.

O baixista Ben Williams, que lançou seu primeiro álbum, "State of Art" em 2011, após vencer o concurso Thelenious Monk International de 2009, foi homenageado como melhor artista revelação.

Horace Silver, pianista e compositor conhecido por criar referências como "The Preacher," "Sister Sadie," e "Song For My Father", recebeu o prêmio pelo conjunto da obra no jazz. O poeta e ativista Amiri Baraka teve seu talento reconhecido com a honraria pelo conjunto da obra no jornalismo sobre o jazz.

Outros vencedores, escolhidos em votação pelos membros da Associação de Jornalistas do Jazz são: Ambrose Akinmusire (trompete), Wycliffe Gordon (trombone), Bill Frisell (guitarra), Regina Carter (violino), Christian McBride (baixo), Gretchen Parlato (cantora), Kurt Elling (cantor), Roy Haynes (bateria), Maria Schneider (compositor / arranjador), Gary Smulyan (sax barítono) e Jane Ira Bloom (saxofone soprano).

0 comentários: