Alexsom

Alexsom

GLASTONBURY 2017

CALENDAR JAZZ

MONTREUX ACADEMY 2017

Colour Me Free! - Joss Stone

Amy Winehouse Foundation

PLAYING FOR CHANGE

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011: Os seis principais discos lançados neste ano

Reprodução/Vogue UK 
A cantora Adele lançou um dos melhores discos do ano
O ano de 2011 foi bastante movimentado no mundo da música. Foram vários CD`s lançados. Muita coisa boa, muita coisa ruim. O POP fez um TOP 6 discos que valem a pena você escutar. Confira quais são eles!
"21" - Adele
Divulgação


É chover no molhado dizer que o disco "21" é o melhor do ano. A cantora Adele teve todos os méritos e continua acumulando fama e sucesso. Apesar de seu afastamento da música por causa de uma cirurgia, ela é uma das grandes promessas no ano que vem. O seu segundo disco da carreira vendeu mais que água, ficou semanas e semanas no topo das listas. As músicas "Rolling In The Deep" e "Someone Like You" dominaram rádios, novelas e até seriados americanos. A londrina conquistou o mundo em 2011.
"Cerimonials" - Florence + The Machine
Divulgação


Uma das grandes surpresas de 2011 foi a ruivíssima e linda Florence Welch com sua banda irreverente Florence + The Machine. Sua voz marcante fez do disco Cerimonials um dos melhores do ano. Apesar de meio sombrio, esbanja na qualidade e nos arranjos. Para superar o hit "Dog Days Are Over", vieram os singles "Shake It Out" e "No Light, No Light".
"Let England Shake" - PJ Harvey
Divulgação


O que diferencia este CD dos outros citados nessa lista é o impacto social que ele causou na Inglaterra, como o nome sugere. Não à toa que ele foi eleito por várias revistas especializadas como o melhor lançamento em 2011. Polly Jean, que é uma instrumentista nata - ela toca teclado, baixo, violino, auto-harpa, violoncelo, gaita e cítara, se arriscou com saxofone neste novo trabalho. Este é o décimo álbum de estúdio da cantora, e ficou marcado pela melhora vocal dela, bem como a volta de baterias e guitarras.
"Wasting Light" - Foo Fighters
Divulgação


Depois de quatro longos anos, os Foo Fighters finalmente lançaram em 2011 o álbum chamado "Wasting Light". Deixando o clichê de lado, Dave Grohl certa vez disse que este álbum ia ser uma volta às origens, e de fato o é. Talvez por ter sido gravado na garagem da casa do vocalista, talvez por ter tido a prodição de Butch Vig, o mesmo que trabalhou em Nevermind, do Nirvana. A verdade é que este CD é de um belo rock pesado para se ouvir em alto e bom som. Esperemos pois o show deles no Lollapalooza, em abril do ano que vem.
"Angles" - The Strokes
Divulgação


Provavelmente eles nunca mais vão conseguir fazer um álbum tão redondo e perfeito como o disco de estreia "Is This It". Mas "Angles" lançado logo no início de 2011 têm seus méritos. Apesar de muitas críticas ácidas na mídia, ouça com calma e aprecie com moderação. Não é na primeira vez que você vai se apaixonar. Talvez nem depois. Mas existe ainda muita essência nesse disco. As batidas e refrões grudentos continuam presentes. "Machu Picchu" é uma boa surpresa, bem diferente dos outros álbuns. Eles amadureceram, ficaram um tempo afastados, entre rumores de brigas. Elementar que isso iria refletir em músicas de outro estilo.
"Lioness: Hidden Treasures" - Amy Winehouse
Divulgação


Amy Winehouse foi a mair perda da música mundial em 2011. Mas para acalento dos fãs, já lançaram um CD com uma compilação de músicas inéditas e regravações de hits consagrados, com espaço até para a brasileira "Garota de Ipanema". Uma das novidades no disco é a faixa inspirada no ex, Blake Fielder-Civil, "Between The Cheats". Ainda se pode perceber o frescor da voz de Amy e sua pegada soul. Bom para matar as saudades.
Fonte:pop Isabela Fantinato

0 comentários: