Festivais de Verão 2018

Festivais de Verão 2018

Alexsom

Alexsom

LOLLAPALOOZA BRASIL 2018

Coachella 2018

CALENDAR JAZZ

MONTREUX ACADEMY 2017

Colour Me Free! - Joss Stone

Amy Winehouse Foundation

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Garth Brooks e Alan Jackson entram para o Hall da Fama dos compositores de Nashville

Garth Brook discursa na sua posse do Hall da Fama dos Compositores de Nashville (17/10/11)
Garth Brooks e Alan Jackson já ganharam mais prêmios do que eles podem contar. O que eles levaram para casa neste domingo (16) à noite esteve perto do topo da lista.

Brooks e Jackson foram empossados no Hall da Fama dos compositores de Nashville juntamente com mitos da música como John Bettis, Thom Schuyler e Allen Shamblin.
"É o compositor, e é tudo sobre ele", disse Brooks. "O que eu quero dizer é isso. Podemos falar todos os dias sobre o artista. Podemos falar todos os dias sobre venda de discos. Começa com as músicas. E ser confundido como um compositor, e depois homenageado como um, essa é a bomba."
Jackson e Brooks são membros da chamada "Classe de 89", um grupo de de estrelas do country. O sucesso deles ao longo das últimas duas décadas ajudou a levar a música country de feiras locais para grandes arenas e estádios de futebol.Brooks, introduzido ao Hall da Fama dos compositores de Nova York no início deste ano, é o artista solo com mais álbuns vendidos na história dos EUA, num total de mais de 128 milhões. Canções como "If Tomorrow Never Comes" e "The Thunder Rolls" ajudaram a alavancar sua carreira.
Jackson, que ajudou a liderar o novo movimento tradicionalista na música country, tem 35 canções número 1, incluindo "Chattahoochee" e "Where Were You (When the World Stopped Turning)," que Taylor Swift cantou para ele no domingo.

"Eu ganhei um monte de prêmios, mas a composição em si sempre foi a coisa mais importante para mim", disse Jackson. "Eu nunca pensei em mim como um cantor, então eu sempre pendi para o lado as composições. É a parte mais criativa do negócio. Tudo começa com as músicas."
Jackson e Brooks foram empossados como compositor/artistas. Brook disse que alguns ali como Bettis("Slow Hand," "Human Nature" e "Top of the World”), Schuyler ("16th Avenue" e "Long Line of Love") e Shamblin ("The House That Built Me" e "I Can't Make You Love Me") eram as verdadeiras estrelas da noite.


"Eu posso ir naquela sala e mostrar-lhes os caras com quem eu sai, e todos eles são compositores", disse Brooks. "E para ser chamado assim com aqueles caras, porque o talento deles é incrível, me deixa muito orgulhoso. Não estou dizendo que concordo com isto, mas estou muito orgulhoso."
Kimberly Perry da “The Band Perry”, ganhou o prêmio de Canção do Ano da Associação Internacional de Compositores de Nashville por seu moderno hit "If I Die Young". Chris DuBois, que co-escreveu  "Old Alabama" com Brad Pasley e "Anything Like Me", foi nomeado compositor do ano.
Taylor Swift venceu seu quarto prêmio como compositora /artista em cinco anos e, aos 21, continua sendo a mais jovem vencedora do prêmio. Swift contou à platéia sobre seu primeiro grande show  em Nashville aos 14 anos, quando muitas pessoas influentes da indústria musical estiveram presentes. Ela ficou repetindo para si mesma  "Não estrague isto".
"Desde então tem havido milhares de vezes na minha vida que eu disse para mim mesma: ‘Não estrague isto, não estrague isto, não estrague isto’ - incluindo agora ", disse Swift . "E eu só vou continuar lutando e tentando não estragar isto."

0 comentários: