Alexsom

Alexsom

GLASTONBURY 2017

CALENDAR JAZZ

MONTREUX ACADEMY 2017

Colour Me Free! - Joss Stone

Amy Winehouse Foundation

PLAYING FOR CHANGE

sexta-feira, 24 de junho de 2011

U2 é uma das principais atrações da 26º edição do festival Glastonbury

 26º edição do festival Glastonbury
Arte, dança, teatro, circo, cinema, uma profunda preocupação com a preservação do meio ambiente e muita, muita música mesmo. Esses são os ingredientes mágicos de Glastonbury, o principal festival do Reino Unido, que abriu seus portões na última quarta-feira (22) debaixo de chuva e muita lama para os mais de 170 mil fãs. O evento que surgiu um dia depois da morte do mestre das guitarras Jimi Hendrix, em 1970, chega em 2011 a sua 26º edição com 41 anos de idade. O evento acontece até o próximo domingo (26) e traz como uma dos principais atrações a banda irlandesa U2, que não toca em um festival de música desde a década de 1980.


Ano passado o U2 tinha sido escalado para tocar em Glasto (como os ingleses carinhosamente chamam o festival) e existia uma enorme expectativa com a primeira participação dos irlandeses, mas a banda foi obrigada a cancelar o show quando o vocalista Bono machucou as costas. Os Além do U2 - que encerra a noite da sexta-feira (24) - subirão ao Pyramid Stage (palco principal do evento) Coldplay, Morrissey, Shakira e mais outras 20 bandas.

"Apesar de tudo, temos algo a provar, e diz respeito às canções. Diz respeito a uma banda poder se apresentar e tocar sua música, mesmo que não haja necessariamente efeitos especiais. Esse é um desafio para nós, e temos algo a provar". Disse o baterista Larry Mullen Jr em entrevista a rádio BBC.

Glastonbury pode não ser o maior e mais lucrativo festival do mundo, mas com certeza é o mais diverso, democrático e divertido. O gigantesco evento escalou na sua programação mais de 700 outros artistas que se apresentam em mais de de 80 palcos espalhados pela fazenda de 3.6 km². Os principais deles são o Pyrimd Stage, Other Stage, John Peal e East Dance, onde ainda se apresentam artistas como B.B. king, Queens of The Stone Age, The Vaccines e Fat Boy Slim, respectivamente.

Glastonbury está longe der ser um festival comum de música. Além dos palcos espalhados por todo o seu terreno, o evento tem áreas como Pilton Palais Cinema Tent (um cinema com programação das 11h às 4h), The Theatre and Circus, The Park e diversos outros.



O festival surgiu no início da década de 1970 e foi muito influenciado pelo movimento hippie da época. Michael Eavis, criador do evento, decidiu fazer Glastonbury depois de assistir a um show do Led Zeppelin no Bath Festvial of Blues and Progressive Music. O primeiro Glasto teve um público de 1500 pessoas e os ingressos custaram apenas £1 e ainda dava direito a um copo de leite da fazenda.

Em 2011, todos os ingressos para o festival se esgotados em quatro horas. O impressionante é que nem 10% da escalação do festival havia sido divulgada. Quem teve a oportunidade de ir ao festival sabe que a escalação musical é o de menos, pois a experiência de viver o festival transcende qualquer um dos possíveis shows que o fã venha a assistir. Nem mesmo a chuva torrencial e a lama presentes na maioria das edições acabam com a festa.

Da Agência O Globo

0 comentários: