Alexsom

Alexsom

GLASTONBURY 2017

CALENDAR JAZZ

MONTREUX ACADEMY 2017

Colour Me Free! - Joss Stone

Amy Winehouse Foundation

PLAYING FOR CHANGE

sexta-feira, 25 de março de 2011

U2 abre turnê sul-americana hoje no Chile

"U2 3D"
Nesta noite, o "mistério da torre" será revelado na capital chilena. Quando as luzes se acenderem para o primeiro show da fase sul-americana da turnê 360º, do U2, o público dentro e fora do estádio Nacional vai vibrar.

Concebido para ser visto de todas as direções a partir de um palco central, o show da banda irlandesa tem telões sustentados por hastes a 50 metros de altura.


O anel de arquibancadas do estádio de Santiago é bem mais baixo que a altura média das grandes arenas. Por isso, a estrutura montada há cinco dias é visível de longe e intriga quem passa por lá.

Exceto, claro, os fãs de carteirinha da banda, que sabem tudo sobre o show e esperaram muito até o U2 retornar ao Cone Sul.

A atual turnê começou com shows em junho de 2009, na Espanha, no estádio do Barcelona. Palco habitual do baixinho Messi, o lugar viu o pontapé inicial da jogada mais recente do baixinho Bono e seus colegas.

Até agora, foram 79 apresentações. Depois do Chile, a banda faz três shows na Argentina. Em abril, chega a São Paulo para mais três, no Morumbi, nos dias 9, 10 e 13, com ingressos esgotados.

No último show programado, dia 30 de julho em Moncton (Canadá), a 360º Tour completará 110 datas.

A maior da carreira do grupo, feita para divulgar o álbum "No Line on the Horizon" (2009), é tão longa que o U2 já frequenta os estúdios com o produtor Danger Mouse para gravar seu próximo disco. E o quarteto nem precisa mais se concentrar tanto na estrada.

Na manhã de ontem, fãs e imprensa em Santiago ainda não sabiam quando o grupo se reuniria na cidade. O guitarrista The Edge está há três dias fazendo turismo no Chile, passeando com a família no deserto de Atacama.

Os integrantes viajam separadamente, levando mulheres, filhos e amigos. Bono, o mais assediado, é o que melhor esconde seu roteiro.

Tudo é tão bem planejado e executado nesta turnê que às vezes a banda nem passagem de som faz. Os quatro sobem ao palco e a mágica funciona. Como deve acontecer hoje em Santiago. E no mês que vem no Morumbi.

0 comentários: